Crianças assumem papéis de protagonista nas cerimônias de casamento do pais

Casamento Giselle ♥ Jorge – Ilha Bela
11/02/2017
“Planejamento”! Anote essa palavra e a coloque em prática antes e durante o casamento
10/08/2017
Exibir Tudo

Crianças assumem papéis de protagonista nas cerimônias de casamento do pais

MARIANA LAJOLO
COLABORAÇÃO PARA A sãopaulo

Vestido branco rendado, flores azuis e amarelas adornando o cabelo cacheado e um sorriso que não cabia mais no rosto. Valentina emanava uma emoção contagiante ao entrar pelo corredor, na cerimônia de casamento, de mãos dadas com o homem mais importante de sua vida. Estava ali para cumprir uma missão especial: levar o pai até o altar para se casar com sua mãe.

Os empresários Giselle Maia, 37, e Jorge Luiz Serra, 57, estavam juntos havia 17 anos. Eram casados no civil, mas ainda faltava a tão sonhada festa. E Valentina, 7, tinha de fazer parte de todo o processo. Mais do que isso: merecia um papel de protagonista.

“Ela ia só levar as alianças, mas a ideia de entrar com o meu marido surgiu enquanto estávamos planejando a cerimônia, já que os pais dele já faleceram”, relembra Giselle. “Acabou sendo como um símbolo da aprovação dela. Foi um momento muito emocionante para todos.”

Novos arranjos familiares e a ideia de que nunca é tarde para celebrar a união têm levado cada vez mais casais com filhos ao altar. E na hora de preparar a festa, surge a dúvida de como incluir as crianças.

Essa é uma dica constante dos especialistas: incluir as crianças. E não apenas dando a elas um papel na cerimônia, vale registrar.

Os filhos podem ajudar a escolher o que vão vestir. Podem também participar das provas das roupas dos noivos, da degustação de comidas e doces e até mesmo da compra de elementos da decoração, como flores. Deixar que escolham sua música pode ser bastante agradável. Além de levar o pai ao altar, Valentina decidiu entrar com as alianças ao som de “You’ll Be In My Heart”, de Phil Collins (tema do desenho “Tarzan”).

A cerimonialista Val Lima, da HV7 Cerimonial, que organizou a união de Giselle e Jorge, conta que há casais com filhos adultos que optam até por colocá-los como padrinhos. Outra recomendação é reservar algum elemento do evento que seja especial para crianças. Um menu kids, no qual elas podem ajudar a selecionar os itens. Ou uma mesa de doces infantis.

É preciso cuidado, no entanto, para não exagerar no toque infantil. “Os noivos têm de lembrar que é a celebração da união deles. Colocar um palhaço como atração, por exemplo, pode sair do contexto”, avisa Val, da HV7. Incluir filhos na cerimônia deve levar em consideração a logística. Algumas igrejas mais tradicionais têm regras que engessam o evento, como determinar que a noiva é sempre a última a entrar no templo. Dessa forma, os pequenos terão de estar no altar já antes do início da celebração. E não só podem, como devem, ficar cansados.

“Casamentos na praia, no campo ou simplesmente em um salão costumam ser mais fáceis para incluir as crianças, porque elas podem ficar livres e entrar somente na hora certa”, explica Val.

 

*

CERIMÔNIA COM FILHOS
Da degustação do cardápio à hora da manha

PREPARAÇÃO: deixe a criança se sentir parte do processo. Pode ir às provas de roupas, à degustação de comida e até participar da compra ou confecção da decoração

*

PROTAGONISTA: o filho pode ter um papel de destaque na cerimônia. Carregar as alianças, jogar pétalas de flores, entrar com plaquinhas com frases divertidas ou segurar o buquê são opções mais comuns, mas ele também pode entrar com um dos noivos e até ser padrinho ou madrinha (se for adulto)

*

PARTICIPAÇÃO: deixe a criança escolher alguns itens do evento, como a música com que vai entrar, a roupa que vai usar, algum detalhe ou item do cardápio

*

FESTEIROS: crie opções infantis: se a festa tiver muitas crianças convidadas, os noivos podem oferecer itens especiais para elas, como menu kids

*

GALERIA: fotos criativas com os filhos dão um toque especial ao álbum. Além de registrá-los durante e após a cerimônia e na festa, os noivos podem levá-los para o ensaio pré-casamento

*

BIRRA: Criança, principalmente pequena, pode se recusar a fazer o que foi ensaiado. Se começar a chorar ou não quiser entrar, peça que alguém a leve no colo ou desista, sem estresse

*

JÁ DEU: atenção ao cansaço: criança aguenta menos tempo na festa. É preciso estar atento e ter um esquema para que ela possa descansar, como um quarto com uma babá para tomar conta, ou alguém encarregado de levá-la embora quando a hora chegar

Matéria MARIANA LAJOLO
COLABORAÇÃO PARA A sãopaulo | Melhor de São Paulo 

Noivas & Casamentoshttp://www.hv7cerimonial.com.br/2017/03/19/criancas-assumem-papeis-de-protagonista-nas-cerimonias-de-casamento-do-pais/
Val Lima
Val Lima
Cerimonialista formada em cerimonial público e social. Formada em Turismo pela FMU. Produtora de Eventos e fundadora da HV7 Cerimonial. Autora do Livro "o Grande Segredo de Quem Organiza Casamentos". Gerencia todos os serviços necessários para cada evento, como iluminação, som, segurança, acomodação, e alimentação, e fazer cumprir o cronograma combinado, bem como resolver eventuais problemas de última hora. A montagem e a desmontagem dos locais de produção é sempre acompanhada por funcionário do staff, parte da equipe de produtores formados pela HV7 Cerimonial Treinamentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *